Teoria maquievélica da crise do Euro – a pergunta

O que faz um país rico e central, com uma forte base industrial assente em elevado know-how e diferenciação qualitativa quando se depara com uma previsão demográfica e de qualificações correspondentes que implicam um certo declínio económico? Quando a única maneira visível de evitar esse declínio é importar de forma massiva pessoas qualificadas em áreas de engenharia e ciências – qualificações estão em défice em todo o mundo? E como atrair essas pessoas qualificadas de países “compatíveis” – não se querem mais “árabes”, tanto mais que estes raramente têm as qualificações desejadas? E tendo em conta que tem um clima mauzinho e uma língua irrascível (pelo menos a comparar com os seus congéneres mais solarengos)?

Ah pois…

 

 

Actualização: http://p3.publico.pt/actualidade/economia/3718/governo-alemao-cria-site-para-recrutar-no-mercado-global

Anúncios

GRITAR um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: