Dia da Independência

Hoje é o 5 de Outubro. Celebra-se com feriado, provavelmente o último dos próximos anos, a Implantação da República! Centenas de monárquicos e outros refundidos do regime de semblante fúnebre desdizem este dia, que consideram nefasto. O ainda Presidente do Conselho de Ministros abandonou o país, não estando presente nas comemorações do sistema político que tornou possível o seu galganço ao poder. De acordo com a vontade dele, este feriado vai deixar de existir. Deixou de haver razão de haver. Critérios economicistas ficam sempre bem aquando da erosão da memória do povo, da destruição da matriz identitária.
Ah! Paleio de republicano “- dizem vocês.
Mas este dia marca igualmente outros dois acontecimentos:
– em primeiro lugar, a Independência de Portugal, pelo Tratado de Zamora, em 1143. De facto, este país, nominalmente independente, faz 869 anos de vida. Socialmente doente, com as instituições políticas em coma ou a falhar, e com transfusões e sangrias de foro económico-financeiro. Querem-no obrigar a assinar um testamento vital, pela federalização da UE, como forma de o ligar à máquina de suporte de vida assistido, perdendo a autonomia que lhe resta. Mas hoje, ainda é país, é pátria, embora sem motivos de orgulho, para além de boçalidades.
– em segundo lugar, marca o início da monarquia portuguesa e da primeira dinastia. Como vêm, os monárquicos têm mais razões para celebrar (767 razões) do que os republicanos (102 razões).

Por isso já sabem: comemorem a Origem de Portugal, a sua Liberdade, Independência, Soberania e Autodeterminação dos portugueses.
Custou muito a chegar aqui e facilmente se tem desmontado e destruído, por interesse ou incompetência, o esforço de muita gente e de muitos anos!

Vivam os Portugueses!

Anúncios

2 thoughts on “Dia da Independência

  1. ruibrandao diz:

    Viva Portugal. Mas não tenho nenhum amor particular por esta republica. E muito menos pelo símbolo que, por particular piada, foi hasteado ao contrário. O primeiro por motivos históricos, o segundo por motivos estéticos.

  2. […] Dia da Independência. Esta entrada foi publicada em Uncategorized. ligação permanente. ← Indignação […]

GRITAR um comentário

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: